Facebook Twitter Youtube

icon gal

Dia Aberto eTwinning na Universidade do Minho

Sob a égide das Semanas eTwinning promovidas pelo Serviço de Suporte Nacional eTwinning, integrado na Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas da Direção-Geral da Educação (ERTE/DGE), do Ministério da Educação e Ciência, o Centro de Competência em TIC na Educação da Universidade do Minho (CCTIC-UM), realizou no passado dia 19 de outubro uma sessão de divulgação do projeto eTwinning denominada Dia Aberto eTwinning na Universidade do Minho.

 

eTwinning é uma iniciativa da European Schoolnet que “proporciona uma plataforma para que os profissionais da educação (professores, diretores, bibliotecários) que trabalham numa escola num dos países Europeus envolvidos, possam comunicar, colaborar, desenvolver projetos e partilhar” as suas ideias e práticas educativas numa “estimulante comunidade de aprendizagem na Europa”.

 

A geminação eletrónica de escolas europeias foi “lançada em 2005 como a principal ação do Programa de eLearning da Comissão Europeia, e, desde 2007, está totalmente integrada no Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (Lifelong Learning Programme)”. A comunidade conta atualmente com mais de 180 mil professores inscritos de mais de 97 mil escolas dos diversos países envolvidos. Portugal tem uma comunidade de aproximadamente 4 mil inscritos e cerca de mil professores envolvidos em projetos, situando-se ao nível da Noruega e da Suécia.

 

O projeto eTwinning conta com um Serviço de Apoio Central, localizado na European Schoolnet, em Bruxelas, resultado de uma parceria internacional de 33 Ministérios da Educação europeus e com o apoio de 35 Serviços de Apoio Nacional.

 

Iniciativa Metas Curriculares TIC: Uma oportunidade para a renovação das TIC nas Escolas

No âmbito da criação da disciplina de TIC no 7.º e 8.º ano da escolaridade básica e da apresentação das respetivas Metas Curriculares, realizou-se no passado dia 10 de setembro, no Instituto de Educação, um seminário que contou com cerca de 25 professores de diversas localidades do norte de Portugal.

 

A iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de telemática Educativa (EDUCOM) e da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas da Direção-Geral da Educação (ERTE/DGE) contou com a colaboração do Centro de Competência, sediado no Instituto de Educação, tendo permitido ligar por videoconferência 11 localidades do Minho ao Algarve, envolvendo cerca de 350 professores maioritariamente do grupo de Informática.

 

O evento, para além de responder a necessidades evidentes de informação e formação dos professores envolvidos na nova disciplina do Ensino Básico, permitiu também centrar no IE, através do CCUM, um foco de atenção sobre as competências digitais que os jovens alunos precisam de adquirir e desenvolver.

 

A avaliação da iniciativa foi considerada de grande utilidade e muito importante pelos participantes, que manifestaram o desejo de participar em mais iniciativas similares, no decurso do ano letivo, com a finalidade de se acertarem estratégias de abordagem curricular e de avaliação dos alunos.

 

Relembra-se que à nova disciplina de TIC serão destinados, em média, apenas 45 minutos semanais, ficando os professores com a lecionação de um elevado número de turmas. Este facto levanta problemas de organização do trabalho e da avaliação dos alunos para os quais os professores procuram ajuda junto das instituições formadoras.