Nkuma insiste com a mãe…

Os alunos de 6º ano do LI tentaram imaginar como teria continuado o livro de Luísa Coelho. Assim, inventaram a continuação da estória angolana procurando descrever a reação da mãe do Nkuma, Minguitas, ao ouvir o filho anunciar-lhe o desejo de ir para a escola. Vejam até onde nos leva a imaginação de dezassete alunos:

Share
Tags:
  1. chupachups/LI
    21, Maio, 2010 a 18:51 | #1

    Eu escolhi o trabalho do 6°ano “Nkuma insiste com a mãe..”.
    Li todos os textos e gostei particularmente de um que é o texto oito da pipoquita azul. Achei que a ideia é original e que o texto está bem escrito. Acho que o fim do texto exprime uma lição de moral muito bonita quando a mãe avisa o filho que ele tem que trabalhar bem na escola para poder lá ficar, porque a escola custa dinheiro e eles são pobres. Adoro a ideia da mãe falar com erros porque acho que é engraçado! Gostei de outros excertos como o texto cinco do michael que também é muito original ou o texto dois de magalhães que nos mostra que a mãe também quer aprender.
    Gostei muito de ler estas passagens, todas diferentes, e acho que estes textos estão muito bem escritos e são originais, pois sei que este trabalho criativo que eles fizeram é difícil… sei-o por experiência própria!

  2. Eva/LI
    24, Maio, 2010 a 14:15 | #2

    O texto que preferi foi o primeiro, o de bubu1998, porque a ideia é boa e original. Gostei desse texto também porque ele não é muito longo e a fala da mãe está bem escrita, o aluno respeitou a regra imposta.
    Eu acho que ele retomou bem a ideia do livro ao não se esquecer do jovem da bata branca.
    Também gostei muito do texto de ninguém e o de michael.

  3. Catateu/ LI
    24, Maio, 2010 a 14:42 | #3

    Eu gostei da história de Alzira Fernandes porque está diferente de todas as outras histórias que acabam com Nkuma a ir para a escola. Quando Nkuma insiste com a mãe dá-nos mesmo a impressão de que ele quer ir para a escola. Alzira Fernandes respeita a linguagem da mãe e mostra um pouco que Nkuma é confiante porque mesmo com a mãe a dizer que ele está enganado e que a escola não serve para nada ele acaba dizendo que um dia irá para a escola.

  4. bubu1998/LI
    24, Maio, 2010 a 18:42 | #4

    Eu escolhi o ler o livro “Nkuma insiste com a mãe”. Li quase todos os textos, mas houve um que me agradou muito, o texto de “xana” é interessante, e mostra que temos muita sorte, porque Nkuma só pode ir à escola já quase adulto.
    O texto de alzira fernandes é um pouco triste, porque o Nkuma não pode ir à escola! Que pena.

  5. le roi dragon/Li
    24, Maio, 2010 a 20:07 | #5

    O texto que preferi foi o terceiro porque ele é curto, fala bem do livro e mostra que o aluno leu bem o livro de Luísa Coelho, pois não esqueceu de falar do menino da bata branca, e respeitou as regras colocando a mãe a falar mal.
    O texto é curto mas direto e bem escrito.

  6. ninguem/LI
    25, Maio, 2010 a 16:47 | #6

    O texto que preferi foi o do michael, o quinto texto, porque o michael utilizou o vocabulário que vimos na aula. Ele foi usando a imaginação para conseguir ter um bom texto e um bom resultado.

  7. Baltazar Picsou /LI
    25, Maio, 2010 a 17:53 | #7

    Preferi o texto de alzira fernandes: a mãe repete as palavras do livro e pode ser uma boa estratégia seguir as ultimas palavras do livro. E também é uma estória muito original, porque no fim o Nkuma não se vai embora todo contente por poder ir à escola, afasta-se sim mas zangado por não poder ir para a escola. Isso mostra-nos duas ideias interessantes: o menino não tem todos os poderes em casa e a o menino é determinado.
    Baltazar Picsou /LI

  8. Xana/LI
    25, Maio, 2010 a 18:46 | #8

    O meu texto preferido é o 6 de Alzira Fernandes porque, em comparação com as outras histórias, a mãe do Nkuma não quer que ele vá para a escola e o Nkuma não consegue convencê-la. Mas ele, em vez de estar triste e desiludido com a resposta da mãe, acredita mesmo que um dia irá para a escola. E isto é muito engraçado.

  9. Mata88/LI
    25, Maio, 2010 a 18:56 | #9

    Eu gostei do texto 2 porque não usa o diálogo, mas também continua a história… e há algumas partes mais ou menos cómicas!!!

    Mata88/LI

  10. michael/LI
    25, Maio, 2010 a 19:04 | #10

    O meu texto preferido é o segundo, o do magalhães, porque no início há suspense, pensamos que vai acontecer algo de mal, mas afinal acontece uma boa surpresa!!! O magalhães tem uma boa imaginação e respeitou o nível de língua da mãe do Nkuma!

  1. Ainda sem nenhum trackback.
Por favor autentique-se para enviar um coment´rio.