E-mail nº 11 / LI

Isto está mesmo a ficar interessante. Alimacak resolveu seguir os personagens… ou será que foi os meninos? Já não sei… andam a ver tanta coisa no Campeche que já perdi a conta…

Share
Tags:
  1. 8, Junho, 2010 a 00:45 | #1

    Olá Alimacak!
    Será que o narrador vai responder ou irá voltar a Campeche para ver o que por ali anda a acontecer?
    Um abraço,
    Emília Miranda.

  2. Catateu LI
    30, Novembro, 2010 a 18:54 | #2

    Preferi o e-mail de Alimacak pois adorei a história que está cheia de promenores e suspense. Alimacak descreve bem os personagens. A maneira como ela faz frases do tipo: “Não vais acreditar no que me aconteceu” é fantástica pois leva as pessoas a acreditar no que ela diz. Ela lembrou-se de falar de falar da amizade que havia entre os dois amigos o que é muito importante e fez uma ligação entre o que ela viu e a obra de Cláudio Fragata por exemplo: “Com uma amizade igual à contada no teu livro.”. Adorei a música de fundo que dava ao texto um aspeto misterioso. Gostei muito da imagem que representava bem a areia branca do Campeche.

  1. Ainda sem nenhum trackback.
Por favor autentique-se para enviar um coment´rio.